ColunaNews

MENU

Notícias / Policial

Homem é preso em Campo Mourão acusado de estupro, cárcere privado e ameaças

A mulher ainda relatou que o homem teria cometido um homicídio no estado do Rio Grande do Sul

Publicidade
Homem é preso em Campo Mourão acusado de estupro, cárcere privado e ameaças
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Durante a manhã desta quinta-feira (8), a equipe da Polícia Militar foi acionada para atender a um chamado de violência doméstica. Após entrar em contato com a vítima, ela informou que precisava ir até sua casa buscar seus pertences, pois seu marido estava na residência e não a deixava entrar. A equipe verificou que havia uma medida protetiva contra o homem, emitida pela 1ª Vara Criminal de Campo Mourão.

A vítima relatou que o agressor rasgou o documento contendo a medida protetiva entregue pelo oficial de justiça e ameaçou-a com um canivete, dizendo que a mataria na frente dos policiais caso ela chamasse a polícia. Ele também afirmava não ter medo da polícia. A vítima mencionou que havia sido agredida várias vezes pelo companheiro, que é usuário de cocaína desde janeiro de 2024.

Em continuidade, a vítima alegou que o agressor a obrigava a ter relações sexuais com ameaças e o uso do canivete, que ficava próximo à cama. Ele também proferia diversos xingamentos e não permitia que ela saísse de dentro da residência. No dia 07/02/2024, por volta das 22h30, enquanto a vítima tomava banho, o agressor se aproximou da porta do banheiro e afirmou que era mais fácil matá-la ali, pois o sangue escorreria pelo ralo. A vítima relatou ainda que o agressor constantemente xingava seus filhos com palavras de baixo calão, desejando que eles caíssem e rachassem a cabeça no chão. De acordo com as informações, esses episódios são recorrentes e causa muita pressão psicológica à vítima.

Ao chegarem na residência, que fica no Jardim Alvorada, acompanhados da vítima, que permitiu a entrada dos policiais, foi feito contato visual com o agressor, que estava deitado em sua cama por volta das 9h30 da manhã. Foi dada voz de abordagem e realizadas buscas pessoais, resultando na localização de um canivete, utilizado para ameaçar a vítima, no bolso esquerdo da calça jeans do agressor.

Segundo a vítima, o agressor estaria respondendo por homicídio no estado do Rio Grande do Sul. Diante dos fatos e do descumprimento da medida protetiva, além do interesse manifestado pela vítima, a equipe deu voz de prisão, algemou o agressor, e o encaminhou à 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão. 

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )