ColunaNews

MENU

Notícias / Cidades

Estudante do Colégio Estadual de Corumbataí do Sul viaja para intercâmbio na Nova Zelândia, no Programa Ganhando o Mundo

O prefeito Xandão gravou um vídeo, compartilhado pela mãe de Hevillin, onde parabenizou a jovem e pediu para ela fale e leve Corumbataí do Sol com ela

Publicidade
Estudante do Colégio Estadual de Corumbataí do Sul viaja para intercâmbio na Nova Zelândia, no Programa Ganhando o Mundo
A-
A+
Use este espaço apenas para a comunicação de erros nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A estudante Hevillin Graziela Evangelista de Luna foi mais uma jovem de Corumbataí do Sul, dentro do programa “Ganhando o Mundo”, a se despedir da família e embarcar para o intercâmbio estudantil internacional. A estudante embarca para Nova Zelândia, um país de língua inglesa, com pouco mais de 4 milhões de habitantes, localizado no oceano pacífico, próximo da Austrália. Uma curiosidade é que alguns dos lindos pontos turísticos da Nova Zelândia, como os Lagos do Sul, foram cenário da mítica Terra Média nos filmes da série "O Senhor dos Anéis". 

O prefeito de Corumbataí do Sul, Alexandre Donato, o Xandão, se encontrou com a estudante Hevellin para registrar e compartilhar o momento de alegria com a família da jovem. O gesto do prefeito demonstra o orgulho que toda a comunidade está tendo de formar bons estudantes para o mundo, que devem retornar com uma bagagem de experiências positivas a serem compartilhadas com os demais estudantes do município, que também poderão fazer parte no futuro da mesma aventura estudantil.

O prefeito Xandão gravou um vídeo, compartilhado nas redes sociais pela mãe de Hevillin, onde parabenizou a jovem e pediu para ela fale e leve Corumbataí do Sol com ela:

Ganhando o Mundo

A Secretaria de Estado da Educação está investindo R$ 81,2 milhões nesta etapa, para cobrir todos os custos do intercâmbio. Isso inclui os gastos com alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguro viagem e de saúde, taxa de matrícula, mensalidade da escola no exterior, material didático, uniforme, tradução juramentada da documentação escolar e reuniões de orientação. Os alunos também recebem um auxílio de R$ 800,00 mensais no período do intercâmbio.

Entre os mil jovens selecionados, 400 farão o intercâmbio no Canadá, 250 na Austrália, 250 na Nova Zelândia, 50 nos Estados Unidos e 50 na Inglaterra. Eles embarcam entre os dias 13 de janeiro e 2 de fevereiro de 2024, podendo ficar entre quatro e cinco meses no País de destino, estudando por um semestre nas escolas locais. 

Caio Picanço é outro estudante que também participa do programa de intercâmbio. Ele viajou no final do mês de janeiro para o Canadá. Os dois estudantes só retornam para casa após o primeiro semestre de 2024. 

Comentários:

Crie sua conta e confira as vantagens do Portal

Você pode ler matérias exclusivas, anunciar classificados e muito mais!

Envie sua mensagem, estaremos respondendo assim que possível ; )